terça-feira, 27 de junho de 2017

Grupo JCA renova frota com 254 ônibus Marcopolo


Foto: Douglas de Souza Melo - Divulgação Marcopolo

Foto: Douglas de Souza Melo - Divulgação Marcopolo 

O Grupo JCA Holdind, que possui participação em empresas como a Auto Viação 1001, Viação Cometa, Expresso do Sul e Auto Viação Catarinense, adquiriu 254 novos ônibus da Marcopolo. Dentre os modelos adquiridos pelo grupo estão o Viaggio 900 e versões 1050, 1200 e 1800DD do Paradiso. Conforme comunicado da montadora gaúcha, a previsão de entrega das novas unidades é para o final deste mês de Junho.

Segundo o diretor de operações comerciais e marketing da Marcopolo, Paulo Corso, o grupo operador sempre investe na diversificação dos modelos das suas frotas. “Em razão da sua ampla atuação e cobertura em regiões diversas, o Grupo JCA tem como característica adquirir modelos distintos, que melhor possam atender as várias rotas e serviços. A empresa se destaca por seu dinamismo e por possuir uma das frotas mais novas do mercado brasileiro”, afirma.

Ao todo serão 93 unidades do modelo Paradiso 1800DD (Double Decker), montados sobre chassi Scania K440IB 8x2. Os veículos contam com sistema audiovisual, ar-condicionado e sanitário. Cada unidade possui capacidade para transportar até 54 passageiros, sendo 46 em poltronas na configuração semi-leito (salão superior) e 8 em poltronas na configuração leito, no piso inferior.

O grupo adquiriu ainda 82 unidades do modelo Paradiso 1050, montados sobre chassi Scania 4x2, com 46 poltronas semi-leito, 64 unidades do Paradiso 1200 montados sobre chassi Scania 6x2 e 46 lugares também em poltronas na configuração semi-leito e 15 unidades do modelo Viaggio 900 montados sobre chassi Mercedes-Benz de motor dianteiro, que contam com poltronas tipo executiva. Todos os veículos contam com sistema audiovisual, ar-condicionado e tomadas de 110 V com entrada USB para carregamento de aparelhos eletrônicos. 

O Grupo JCA é hoje um dos maiores grupos brasileiros do ramo de transportes, ao lado de outros grandes grupos, como Grupo Gontijo (Empresa Gontijo, Nacional e Continental), Grupo Guanabara (Real Expresso, Guanabara, Util, Rápido Federal e outras) e Grupo Águia Branca (Águia Branca, Salutaris e outras). O grupo mantém investimentos constantes nos diversos ramos de transporte e turismo. Atualmente, é constituído ainda pelas empresas de transporte rodoviário Rápido Ribeirão Preto, Rápido Macaense e Opção Fretamento e Turismo. As empresas possuem rotas que atendem os estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Tribunal Superior do Trabalho (TST) - 1548

Mascarello Gran Via 2011 - Volvo B290R

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Piracicabana Distrito Federal - 110116

Marcopolo Torino 07 - Mercedes-Benz OF-1721 BlueTec 5

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Volksbus disponibiliza veículo BRT para testes em Belo Horizonte

A VW Caminhões e Ônibus disponibilizou, em Belo Horizonte, um de seus veículos de demonstração em caráter de testes: trata-se do Caio Millennium BRT, encarroçado sob o chassi 26.330 OTA. Nos próximos dias, o articulado estará rodando pelas ruas da capital mineira por meio da Rodap Transportes, no sistema municipal de BRT de BH, o MOVE. 

O teste servirá também para o sistema metropolitano, já que a Rodap está presente na mesma. Funcionários da empresa estarão presentes na Elmaz, representante da VW Caminhões e Ônibus em Belo Horizonte, para colocar o articulado nos padrões exigidos pela BHTrans. Outras empresas estão cotadas a testarem o produto, como a Belo Horizonte Transporte Urbano (BHTU) e a Viação Torres, mas, nada concreto por enquanto.

O veículo, que ainda ostenta o layout da rede de transporte público de Recife/PE, cidade no qual o articulado foi testado pela Itamaracá Transportes, em breve, terá a plotagem do sistema BRT de Belo Horizonte.


Veja imagens do veículo já em Belo Horizonte:





Caio Millennium BRT - Volkswagen 26.330 OTA
Divulgação/Volkswagen
Empresas da capital mineira testam veículo convencional

A concessionária Elmaz, por meio da VW Ônibus e Caminhões, também disponibilizou um Caio Apache Vip IV, encarroçado sob o chassi 17.230 ODS para empresas de Belo Horizonte. A primeira a testar o produto foi a Auto Omnibus Nova Suissa, que ficou com o veículo pouco mais de dois meses. Logo em seguida, a Viação Torres também experimentou o chassi. 

No caso da Nova Suissa, relatórios feitos por uma empresa terceirizada indicam que a média de consumo obtida pelo veículo foi menor do que apresentam os veículos Mercedes-Benz da mesma casa, isso porque, no caso da Volks, o chassi dispensa o uso do Arla 32. Já na Torres, os resultados ainda são aguardados. Agora, o ônibus de teste segue para a Viação Paraense, onde será emprestado pela Elmaz, uma vez que a empresa de transporte coletivo sofreu desfalque em sua frota nos últimos dias por causa de um veículo incendiado. De acordo com a concessionária, o Vip IV de demonstração irá com opção de compra em aberto.

Sobre o chassi

O 17.230 ODS conta com suspensão pneumática nos quatro eixos e é equipado com o motor MAN D08 de quatro cilindros. Indicado para severas operações de transporte urbano, o chassi adapta-se a carrocerias de até 13,2 metros e une robustez e versatilidade. Com polia adicional de série e pacote de arrefecimento reposicionado, facilita a instalação do ar-condicionado. O Volksbus ainda incorpora embreagem de 395 mm de diâmetro e caixa de transmissão ZF 6S 1010 BO de seis velocidades com servo-assistência e troca de marchas acionada por cabos, o que garante maior conforto e durabilidade de todo o conjunto.

Confira imagem do veículo em operação na capital mineira:


Caio Apache Vip IV - Volkswagen 17.230 ODS

Divulgação/Volkswagen

domingo, 18 de junho de 2017

Rápido Federal - 1413

Marcopolo Paradiso G7 1200 - Mercedes-Benz O-500RSD BlueTec 5

sábado, 17 de junho de 2017

Transgodoi - 7061

Mascarello Gran Via - Mercedes-Benz OF-1418

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Viação Euclásio - 40207

Neobus Mega 2006 - Mercedes-Benz OF-1722M