Capa

AdSense Manual




Montadoras

Ver fotos.


Ver fotos.


Acessar site. (Colômbia)

Em 17 de setembro de 1946, os descendentes suecos Augusto de Bruno Nielson e Nielson Eugénio abriram uma marcenaria para produção de móveis. Em 1949, eles montaram sua primeira estrutura de ônibus, uma jardineira, montado sobre um chassi Chevrolet Gigante.
A partir de 1956, a empresa tomou novos rumos e caminhou a passos largos para produção deste segmento, com produtos inovadores como o Diplomata em 1961, o Urbanuss em 1987 e o DD Panorâmico em 1998.
Em 1990, a chamada carroceria Nielson mudou seu nome para Busscar Ônibus.
Em 27 de setembro de 2012 a Justiça decretou a falência da Busscar Ônibus S/A e de 8 empresas do grupo.que foi anulada em 27 de novembro de 2013, atendendo um pleito de seus antigos controladores, porém confirmada em definitivo no dia 5 de dezembro do mesmo ano.
Em 21 de março de 2017 o juiz da 5ª Vara cível de Joinville, Walter Santin Junior, aprovou em sentença final a compra do parque fabril de Joinville. Os arrematantes Maurício Lourenço da Cunha e Marcelo D. Ruas são também proprietários da encarroçadora Caio Indiscar, que informaram através do advogado Márcio Cezar Janjacomo sobre interesse em produzir ônibus rodoviários e contratar pessoal sob novos contratos a partir de Maio de 2017, quando termina o recurso judicial. O nome e marca da companhia serão mantidos.



Em 1945 foi fundada por José Massa a Companhia Americana e Industrial de Ônibus (CAIO). Com amplo crescimento a companhia atingiu em 1947 a marca de 319 unidades produzidas. Durante todo o período até a inauguração oficial de sua fábrica em Botucatu, no estado de São Paulo, a empresa inovou na produção de carrocerias de ônibus.
Na década de 90 a companhia completou 50 anos e carregava junto com ela uma forte crise financeira que levou a empresa a falência no ano de 2000. Um ano após ter a sua falência decretada, a marca CAIO e o parque fabril foram assumidos pela Induscar, uma encarroçadora  brasileira formada por um grupo de empresários. Atualmente a CAIO Induscar é uma das líderes em produção de ônibus, principalmente no segmento de urbanos.




Em 1985, as famílias Corradi e Mascarello adquiriram em um leilão a antiga fábrica de carrocerias Incasel, localizada em Erechim, no Rio Grande do Sul. As atividades iniciaram em 1986, com 58 funcionários. No primeiro mês,a produção foi de apenas um carro e ao final do primeiro ano foram 166 unidades. Neste período foram produzidos os modelos que eram fabricados pela Incasel.
A partir de 1987, com a construção da nova fábrica, a Comil deu início ao desenvolvimento dos seus primeiros modelos de ônibus. Em 1991 surgiram os primeiros clientes internacionais, e a Comil passou a exportar para Chile e Argentina.
Atualmente a produção atinge 20 ônibus por dia. São mais de 2,8 mil colaboradores. Com uma completa linha de ônibus, está presente em mais de 30 países.
Em dezembro de 2013 inaugurou uma unidade em Lorena, no estado de São Paulo, fechada após dois anos. Em setembro de 2016 entrou com um pedido de recuperação judicial, junto à justiça do Rio Grande do Sul.



Acessar site.

A Irizar Brasil foi criada, em Botucatu, no ano de 1997. Nasceu de uma joint-venture com uma empresa local especializada na fabricação de ônibus urbano. Esta, procurava um parceiro internacional de prestígio. 
O primeiro ônibus rodoviário, o modelo Century, montado pela encarroçadora foi apresentado oficialmente durante a Expobus, em 1998, sendo este o ônibus rodoviário mais vendido da história da Irizar, com mais de 20.000 unidades.
Atualmente, a fábrica, no Brasil, está numa estrutura de 39.095,15m², sendo 19.391,80 m² de área construída e capacidade para produzir 4 quatro veículos por dia, possui 500 funcionários e produz o modelo i6 e i6 Plus; atendendo todo o mercado brasileiro, América Latina, África e Oceania.
A Irizar Brasil já produziu  mais de 7.000 unidades, destas 70% destinadas à exportação e 30% ao mercado brasileiro, rodando pelas estradas da América Latina, África e Oceania.


Ver fotos.
Acessar site.

A Marcopolo vem aproximando pessoas desde 1949, ano em que iniciou sua trajetória empresarial de superação contínua.
A empresa, que tem seu nome ligado à história do transporte de passageiros, foi fundada em Caxias do Sul, Rio Grande do Sul, com o nome de Nicola & Cia. Ltda. Em 1971, graças ao sucesso alcançado com o lançamento do ônibus “Marcopolo”, passou a denominar-se Marcopolo S.A.
O crescimento contínuo consolidou a organização, que em 62 anos, já produziu mais de 350 mil ônibus em suas fábricas no Brasil e exterior, contando com uma força de trabalho de mais de 22 mil colaboradores.



Ver fotos.
Acessar site.


A Mascarello nasceu alicerçada a duas empresas irmãs, Comil Silos e Secadores referência do agronegócio, fundada em 1957, e a Mascor Imóveis pioneira do setor imobiliário no Oeste do Paraná. A união das três empresas formam hoje o Grupo Mascarello que é destaque de empreendimento, sustentabilidade e crescimento no sul do país.

Primeira encarroçadora do Paraná, a Mascarello foi fundada em 2003 com a proposta de oferecer uma alternativa inovadora e eficiente para o transporte de pessoas. A fábrica produz atualmente modernos ônibus urbanos e rodoviários de longa distância que se dividem em categorias, para atender a necessidade de transporte de pessoas.



Ver fotos.
Acessar site.

Após um longo período de crises enfrentado pela falida Thamco na década de 90, a empresa San Marino Implementos que produzia componentes para indústria automotiva e era formada por ex-funcionários de alto escalão da Marcopolo, arrestou parte dos bens da Thanco e em 1999 fundou a Neobus.
Inicialmente a empresa utilizou o parque fabril da já extinta Thamco em Guarulhos, no estado de São Paulo, e depois de um período se mudou para Caxias do Sul, mesma cidade onde fica situado o parque fabril da Marcopolo. Em 2012 a San Marino Neobus construiu uma nova fábrica em Três Rios, no estado do Rio de Janeiro, com capacidade para produzir 30 ônibus por dia e que gerou cerca de 1200 empregos.



 Volare

A Unidade de Negócios LCV - Veículos Comerciais Leves, pertencente à Marcopolo S.A., é dedicada ao desenvolvimento, produção e comercialização dos produtos da marca Volare. Com fabricação em Caxias do Sul, RS, Brasil, a linha de produtos Volare nasceu, em 1998, da demanda de mercado por um veículo ágil, seguro, econômico e confortável no transporte coletivo de passageiros.
Hoje, a Volare possui a linha mais completa de miniônibus do mercado nacional. O grande diferencial é a capacidade de desenvolver versões especiais como ambulâncias, carros de escolta, entre outras, atendendo as necessidades de cada cliente.



 Ciferal

Fundada pelo austríaco Fritz Weissmann em 1955, em Xerém no Rio de Janeiro, a empresa fabricou seu primeiro ônibus urbano em 1957 e o primeiro ônibus brasileiro com ar condicionado individual para os passageiros. Em 1961 a Ciferal conquistou seu primeiro grande cliente, a Viação Cometa, que estava impedida de importar seus veículos. No início dos anos 70 a empresa juntou-se as encarroçadoras Cribia e Metropolitana, anos depois a Metropolitana foi vendida para Caio.
A Ciferal chegou a ser uma estatal nos anos 80, quando passou por uma forte crise financeira. A crise gerou uma espécie de cisão, quando sócios da Ciferal abriram a Ciferal Paulista (SP) e a Reciferal (PE). Posteriormente a Ciferal Paulista foi rebatizada de Condor e Thamco, até a compra pela San Marino Implementos. Divisão essa que foi crucial para a encarroçadora.
Na década de 90 a empresa foi privatizada após ser comprada por clientes antigos da empresa. Em 2013 a Marcopolo anunciou que iria aposentar de vez a marca Ciferal e que a empresa passaria a se chamar Marcopolo Rio.




Todas as informações e resumos aqui transcritos foram obtidos através de pesquisas realizadas nos sites oficiais das montadoras e páginas da web, podendo haver pequenas falhas de informações.